Categorias
Cuidados com idosos

Doenças mais comuns em idosos: Veja os cuidados

Ver nossos pais e avós com saúde é motivo de alegria, afinal, queremos o melhor para quem sempre cuidou da gente. Mas as mudanças do organismo causada pela chegada da terceira idade podem trazer algumas complicações clínicas, afetando o bem-estar de nossos familiares. Entre as doenças mais comuns em idosos, podemos citar diabetes, hipertensão, incontinência urinária e doenças respiratórias, como pneumonia

Isso porque, a partir dos 40 anos, o nosso corpo começa a apresentar alguns sinais de “desgaste”, condição que vai aumentando com o passar dos anos. A consequência desse fator é a diminuição da capacidade funcional e, por isso, algumas implicações clínicas acabam sendo mais frequentes em pessoas maduras. 

Pensando nisso, a Senior Concierge preparou um texto com as doenças mais comuns em idosos. Saiba causas e prevenção que podem ajudar na saúde de seus pais e avós. 

Doenças mais comuns em idosos:

Diabetes 

A diabetes é uma das doenças mais comuns na terceira idade. Se você perceber que seus pais ou avós sentem constantemente tontura, fraqueza, delírio e confusão é preciso ter atenção. 

De acordo com a última pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, quase um terço dos diabéticos têm 65 anos ou mais, sendo a mais comum a diabetes tipo 2. Uma das causas da incidência nesse grupo está relacionada à fabricação de insulina, que cai com o passar do tempo.

A diabetes pode levar à cegueira, problemas renais e amputações. Uma rotina com atividade física orientada e controle alimentar são fatores fundamentais de prevenção. 

Se por ventura seu ente seja diagnosticado com a doença, é preciso ter alguns cuidados adicionais, como ir a consultas com o oftalmologista, para verificar a questão da neuropatia nos olhos, e com o cardiologista frequentemente. 

Conheça o serviço Leva e traz da Senior Concierge, garantindo todo cuidado para levar seus pais e avós a consultas médicas e exames.

Incontinência urinária

Quem convive com pais e avós sabe que a presença de incontinência urinária pode afetar o bem-estar de pessoas maduras. A condição não causa dor, mas é caracterizada por escapes de urina ao realizar leves esforços ou atividades diárias

Os efeitos da doença podem ir além de problemas físicos, uma vez que os maduros podem perder a vontade de sair de casa e de realizar atividades por constrangimento e medo de não encontrarem banheiros por perto. 

A incontinência urinária tem uma propensão maior a acometer os idosos devido às alterações do trato urinário relacionadas ao envelhecimento, como enfraquecimento dos músculos da bexiga, aumento da próstata, no caso dos homens, e enfraquecimento dos músculos pélvicos nas mulheres.  

E como ninguém quer ver os pais e avós passando por problemas físicos e emocionais, é preciso tomar alguns cuidados para reverter a situação. Realizar exercícios ajudam a reforçar a musculatura do assoalho pélvico. Além disso, o tratamento pode ser feito por meio de atividades fisioterápicas e medicamentos receitados por médicos

Na Senior Concierge, profissionais qualificados preparam atividades físicas específicas para a terceira idade alcançar bem-estar e qualidade de vida. Conheça nosso serviço de Ginástica Booster clicando aqui! 

Hipertensão 

Outra doença que acomete muito nossos pais e avós é a hipertensão. Estima-se que 60% dos idosos possuem pressão alta. A condição não costuma manifestar sintomas, por isso, a importância das consultas de rotina para a descoberta do diagnóstico. 

Já falamos por aqui que o corpo sofre alterações com o passar dos anos. A aorta, por exemplo, devido a menor produção de colágeno, pode ficar mais rígida levando ao aumento da pressão arterial. 

A pressão alta não controlada se mostra como umas das principais causas para a ocorrência de Acidente Vascular Cerebral (AVC), infarto, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca. Por isso, os idosos que possuem a doença devem manter hábitos e uma rotina mais saudável que induzam  à redução da pressão arterial. 

Diminuir o consumo de sal, evitar alimentos gordurosos, ir ao médico regularmente, verificar a pressão arterial com frequência  e praticar atividade física são ações que podem ajudar.  

Confusão mental 

Se seu ente querido esquece as coisas, não reconhece algumas pessoas e não consegue conversar sem se distrair é preciso ficar atento aos sintomas, principalmente porque os sinais de confusão mental podem ser confundidos com outros problemas clínicos.

O estado de confusão mental é uma das doenças mais comuns em idosos. O estado de alteração cognitiva do paciente é caracterizado pela redução da capacidade de concentração, podendo ser causado por doenças neurológicas,  AVC ou mesmo infecção urinária.

Quadros paranóides também podem ocorrer, no qual o idoso passa a achar que está sendo perseguido, podendo ser um momento bem difícil que requer cuidados adicionais.  

A busca de ajuda especializada nesse momento é de suma importância, o diagnóstico médico e auxílio de um cuidador são indispensáveis, segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 

Tenha suporte especializado para quem você ama com a Senior Concierge. Saiba como podemos te ajudar.

Doenças respiratórias na terceira idade

Doenças respiratórias são comuns na terceira idade. Isso porque, com o passar dos anos,  o pulmão fica menos elástico, diminuindo a capacidade de limpar impurezas do ar. Além disso, alguns hábitos de vida na juventude, como contato com ar poluído e tabagismo podem refletir em doenças com a chegada da idade. 

Pneumonia, bronquite, asma e enfisema pulmonar estão entre os problemas clínicos que mais acometem os idosos. As doenças devem ser acompanhadas por médicos e os tratamentos são específicos para cada condição. 

No geral, os recurso terapêuticos envolvem usar medicamentos e evitar o contato com elementos que desencadeiam crises respiratórias. Por isso, é importante  manter o ambiente arejado, tirando poeiras e pelos da casa. 

Cuidados

Chegar à terceira idade faz parte do ciclo da vida, mas ver algumas mudanças em quem amamos causadas pelas transformações do corpo não é fácil. O que podemos fazer nesse momento é colaborar para que nossos pais e avós sejam ativos, recebam carinho e cuidados para passar por essas complicações da melhor forma possível. 

E lembre-se: caso identifique os sintomas citados acima em seus entes queridos o atendimento médico é indispensável para a realização do diagnóstico e do tratamento . 

A contratação de home care pode ser uma solução para companhia e cuidado com seus pais ou avós. Clique aqui e conheça todos nossos serviços! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *