Categorias
Cuidados com idosos

Idosos perdendo músculos: saiba o que é a sarcopenia e como evitá-la

A perda de massa muscular, conhecida como sarcopenia, é um quadro que acaba por comprometer a mobilidade e a autonomia dos idosos no dia-a-dia.

Muitas pessoas imaginam que essa situação não pode ser evitada, o que não é verdade.

A prática de exercícios aliada a um estilo de vida saudável é responsável por devolver a vitalidade a muitos pacientes, já que recupera a força e a massa muscular.

Para auxiliar as pessoas que moram com idosos ou até mesmo para você que quer se prevenir, preparamos um artigo a respeito do assunto.

Ao longo da leitura, você vai saber como ocorre a sarcopenia e quais as melhores formas de promover mais saúde e bem-estar a esse grupo.

Vamos lá?

Entendendo a sarcopenia: como ocorre a perda muscular?

Os músculos do corpo humano são constituídos por fibras que, com o envelhecimento, vão sendo perdidas.

Essa atrofia começa a ocorrer já em jovens adultos, acelerando seu ritmo a partir dos 80 anos.

Na prática, pode-se entender que indivíduos que praticam atividade física e deixam de fazê-la conforme envelhecem, estão sujeitos à sarcopenia, assim como sedentários.

Essa diminuição do volume muscular no corpo do idoso representa, portanto, a redução das fibras no tecido. Além disso, paralelamente, a força presente nos músculos começa a diminuir.

A produção de hormônios como o estrogênio e a testosterona são outros fatores que influenciam esse processo complexo, que envolve nutrição, sistema endócrino e mais.

Como a sarcopenia prejudica a vida do idoso?

O resultado, portanto, é a dificuldade em tarefas simples que demandam autonomia física.

Os idosos que desenvolvem quadros de sarcopenia passam a ter limitações ao subir escadas, caminhar ou mesmo se levantar. Esse cenário, por si só, impacta negativamente a percepção de independência.

Assim, a sarcopenia afeta diretamente a qualidade de vida. A necessidade de ajuda no dia-a-dia está diretamente ligada a aspectos como motivação e autoestima.

Por isso, evitar o desenvolvimento do quadro é de extrema importância para o idoso e quem mora com ele.

Riscos de lesões e acidentes

Outro detalhe importante é o risco elevado de lesões e acidentes causados pela fraqueza muscular.

Os mesmos, além dos prejuízos mais evidentes, também podem trazer sequelas e problemas à rotina do idoso. Um planejamento adequado com acompanhamento profissional é o melhor caminho para evitar a sarcopenia e recuperar a integridade muscular.

Dicas práticas para evitar a sarcopenia: comece com exercícios

Por onde começar essa atenção específica para melhorar a estrutura muscular do idoso?

O primeiro passo para compensar os efeitos da sarcopenia é a prática de exercícios físicos. Com o apoio de um especialista, um cronograma individualizado ajuda a manter os músculos fortes e saudáveis.

Benefícios dos exercícios físicos contra a sarcopenia

A prática física deve se concentrar em resistência e fortalecimento muscular.

Logo, o idoso passa a trabalhar constantemente essa estrutura, utilizando o potencial físico para cuidar também dos tendões e articulações.

Todo tipo de movimento é funcional contra a sarcopenia, com destaque para séries de exercícios que utilizam pesos.

Entenda o papel da alimentação

A alimentação também merece cuidado, já que o consumo de nutrientes também auxilia na manutenção das fibras musculares.

A dieta deve levar em conta a necessidade de alimentos ricos em proteínas, essenciais para a saúde dos músculos. Calorias presentes em carboidratos são fundamentais, e a compensação calórica por parte do idoso evita a perda muscular.

E a suplementação? Os suplementos precisam ser indicados por nutricionistas, sempre levando em conta o estilo de vida do paciente.

Aliados à alimentação balanceada, eles ajudam a fortalecer a musculatura. Além disso, o sistema energético do organismo se beneficia com essa prática.

Hidratação, um tema crucial

Vale lembrar que a hidratação é vital para os idosos, e não deve ser esquecida.

Portanto, garanta que o idoso receba as dosagens corretas de líquidos durante o dia, ainda mais quando consideramos os exercícios físicos. 

A quantidade exata deverá ser determinada por um profissional competente. De todo modo, beber água é um hábito benéfico que pode ser adotado por todos.

Resumo: como vencer a sarcopenia

A sarcopenia é a perda de massa muscular gradual que ocorre com o envelhecimento.

Seguindo os três passos citados:

  • Prática de exercícios físicos
  • Alimentação balanceada 
  • Hidratação em dia.

Você estará criando as condições propícias para manter a qualidade de vida e retardar os efeitos da sarcopenia. 

Lembrando que seu principal desdobramento se dá com o enfraquecimento e a redução da mobilidade, que comprometem a realização de atividades cotidianas. 

Mais do que isso, desequilíbrios e dificuldade para caminhar, por exemplo, podem levar a acidentes graves. No caso de idosos que moram sozinhos, esse contexto merece ainda mais atenção para evitar lesões.

O cuidado diário com a saúde física e emocional do idoso é o caminho para possibilitar mais autonomia em um momento tão importante da vida.

Quer saber como garantir uma rotina mais leve e saudável aos seus familiares? Clique aqui e conheça como trabalha um profissional especialista em tratamento ativo para idosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *