Categorias
Sem categoria

Jardinagem na terceira idade: saiba os benefícios

Muitas vezes, a chegada da terceira idade acarreta mudanças no organismo. Infelizmente, algumas perdas, sejam elas físicas, cognitivas ou sociais podem ser notadas nessa fase da vida.

Mas é possível minimizar essas limitações e oferecer qualidade de vida por meio da Terapia Ocupacional. Entre as atividades que podem ser desenvolvidas no tratamento temos a jardinagem na terceira idade

Cuidar das plantas pode ser uma prática saudável, tendo um papel importante na prevenção da depressão e no combate ao sedentarismo

A Senior Concierge sabe que você se preocupa com seus pais e avós e quer vê-los sempre bem. Por isso, preparamos um conteúdo sobre jardinagem na terceira idade para saber quais os benefícios da atividade no dia a dia

Por que a jardinagem na fase madura faz bem?

Uma pesquisa da Universidade Estadual do Texas, que reuniu 300 participantes com mais de 50 anos, demonstrou que a jardinagem é responsável pela melhoria dos níveis de satisfação com a vida, de energia e de benefícios da saúde em geral

Mas, afinal, por que essa prática faz bem? O contato com a natureza é de extrema importância para o homem, isso porque o ambiente representa o retorno ao seu universo de criação

Quando nos ausentamos desse contato, nosso organismo biológico sente falta. Uma boa forma de minimizar isso  é pela  prática da jardinagem, já que há uma proximidade com as plantas e a terra.

Além disso, ao sair para o quintal, o idoso deixa um local com luzes artificiais (quarto ou sala) e vai para um ambiente natural onde a temperatura, vento, som da natureza e o cheiro das plantas são muito perceptíveis. Com isso, a ansiedade tende a diminuir e a sensação de entristecimento e de dias longos podem ser minimizados

No âmbito ocupacional, a jardinagem tem um valor muito importante para pessoas maduras. A atividade gera uma responsabilidade o que proporciona autonomia e independência, afirmando, assim, a valorização do idoso como indivíduo útil e necessário.

Quais os benefícios da jardinagem na terceira idade?

Melhorias na concentração e cognição 

O processo de envelhecimento pode trazer diminuição da atenção e perda progressiva de memória, dificultando, assim, a execução de atividades diárias. Por isso, estímulos cognitivos são muito importantes na terceira idade. 

Colocar a mão na terra,  manusear e podar as plantas proporcionam aprendizado e desenvolvimento de técnicas, auxiliando no processo de concentração e memória

Vida ativa

A jardinagem é uma ótima forma de estimular o exercício na terceira idade e fazer o sangue circular. A atividade permite que os idosos caminhem, se abaixam e mexam os braços. Esses movimentos de baixo impacto, embora sejam leves, são muito importante para o organismo de pessoas maduras. 

Seus pais ou avós precisam de auxílio para manter uma vida ativa? Conheça o nosso serviço Senior Interativo e saiba como podemos te ajudar! 

Sensação de bem-estar 

Quando fazemos algo que gostamos, costumamos nos sentir bem logo em seguida, pode ser aquela sensação de dever comprido ou, talvez, percebemos que estamos aproveitando a vida. E com nossos pais e avós não podia ser diferente

Caso eles gostem de plantas e da natureza, a jardinagem é uma forma de se distrair e ver algo que construíram ganhando forma, trazendo também aquela sensação de dever cumprido e bem-estar. 

Jardinagem na terceira idade: por onde começar? 

Existem diversos tipos de plantas e maneiras de praticar jardinagem. O jardim ideal vai depender do espaço que você e seus entes têm disponíveis para plantar.  Mesmo morando em apartamento é possível fazer a atividade, basta adaptar tamanho de vasos e espécies de plantas

A preparação do solo, a escolha do uso de sementes ou mudas e a manutenção fazem parte dos processos da jardinagem. Mas caso seus pais não tenham muita experiência com plantas, existem milhares de vídeos e materiais didáticos nas redes sociais que ensinam como plantar em vasos e cuidar do jardim. 

Além disso, a jardinagem pode ser um ótima atividade para você e seus pais e avós aprenderem e praticarem juntos.  

Confira algumas dicas:

  1. Coloque as ferramentas em locais de fácil acesso e sem muitos móveis no caminho até o jardim, deixe o ambiente livre;
  1. Procure o lugar ideal para colocarem os vasos;
  1. Escolham vasos médios (nem tão profundos ou rasos), na quantidade de plantas que quiser cultivar. É válido improvisar também, sendo possível usar alguns materiais domésticos, como baldes e potes plásticos no lugar de vasos;
  1. Não esqueçam dos pequenos buraquinhos no fundo do vaso, para possibilitar que a água escoe;
  1. Uma dica de folhas para plantio são ervas, como manjericão, alecrim, hortelã. Além de não apresentarem muito segredo no cuidado, elas podem ser usadas para o preparo de alimentos; 
  1. Use pedras ou cacos de cerâmica no fundo do vasinho para facilitar o escoamento de água do vaso
  1. É possível decorar o jardim com pedrinhas e deixar a prática ainda mais interessante; 
  1. Não esqueçam de regar as plantas (algumas mudas necessitam de mais água do que outras; por isso, é importante se informar sobre a forma de cuidado dos diferentes tipos de mudas. 

Cuidados

Como você pode ver a jardinagem para a terceira idade é uma ótima atividade. Ir a um local arejado para cultivar, plantar, sentir o sol no corpo, o vento e ter contato com a natureza tem tudo para trazer qualidade de vida e bem-estar a todos, e mais ainda aos maduros. Não esqueça que cada pessoa tem suas limitações, por isso, as formas de fazer jardinagem devem se adaptar de acordo com a realidade de nossos pais e avós. Precisando de auxílio para cuidar de quem tanto ama, conte com a Senior Concierge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *