Categorias
Acompanhante de idosos

O que faz um acompanhante de idosos?

Se você tem familiares mais velhos, provavelmente já se questionou sobre a necessidade de contratar um acompanhante de idosos. Afinal, à medida que envelhecemos, algumas limitações podem surgir, dificultando a realização de tarefas diárias e a manutenção de uma rotina saudável. 

É comum encontrarmos pessoas da própria família que se dispõem para oferecer esse apoio. No entanto, em muitos casos, a correria do dia a dia não colabora, e torna-se um enorme desafio estar sempre disponível para apoiar pais ou avós idosos.

Você se identifica com essa situação? Então, está no lugar certo! Continue conosco para descobrir o que faz um acompanhante de idosos e quando é necessário investir em cuidados especializados.

O que é um acompanhante de idosos?

O primeiro passo é entender o que, de fato, é um acompanhante de idosos. Esse profissional tem como principal função oferecer companhia e apoio na rotina de pessoas da terceira idade, sejam elas portadoras de alguma doença ou limitação específica, atuando conforme suas necessidades.

Seu objetivo principal é promover a autonomia e qualidade de vida do idoso. Para isso, permanece com ele, auxiliando e acompanhando na realização de atividades diversas. Mais do que ajudar em tarefas básicas, como alimentação e troca de roupas, o acompanhante de idosos pode atuar promovendo estímulos que contribuam para o bem-estar físico e mental de pessoas com mais de 60 anos.

O cuidador pode passar o dia inteiro com o assistido e até dormir em sua residência, o que deve ser definido em acordo com a família. Por isso, é fundamental que seja uma pessoa de confiança, devidamente treinada para lidar com diferentes situações.

Como o acompanhante de idosos atua?

Agora, chegou o momento de entender o que faz o acompanhante de idosos. Visando garantir a autonomia e o bem-estar da pessoa assistida, esse profissional pode realizar junto a ela uma série de atividades. Uma de suas principais funções é oferecer companhia ao idoso, minimizando o risco de solidão, isolamento e tristeza.

Sua atuação junto à higiene de pessoas da terceira idade também merece destaque. Afinal, ao auxiliar em tarefas como banhos, troca de roupas, troca de fraldas e higiene bucal, ele ajuda a evitar problemas de saúde e manter a qualidade de vida do idoso. 

O acompanhante de idosos também pode ajudar a manter a organização da casa, minimizando, inclusive, os riscos de acidentes domésticos e quedas. Outra possível função é o auxílio na adoção de hábitos saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a realização de exercícios físicos. Caso o idoso faça uso de medicamentos, ele pode oferecer apoio para que os horários e doses prescritos sejam seguidos corretamente.

Tudo é definido conforme as necessidades do idoso, de forma personalizada e de acordo com orientações da família.

Quando devo contratar um acompanhante de idosos?

Para avaliar se é preciso investir no acompanhamento de um idoso, deve-se compreender seu atual nível de dependência no dia a dia. Sem dúvida, a independência na terceira idade deve ser estimulada. Contudo, o envelhecimento traz transformações no organismo, que podem acabar resultando na necessidade de apoio.

Seu familiar consegue cuidar de sua higiene pessoal sozinho? Ele se lembra de tomar remédios? Está acamado ou tem limitações em sua mobilidade? Tem perda de memória ou alguma outra condição que coloca sua segurança em risco? Tudo isso deve ser ponderado no momento de optar por esse serviço, assim como a disponibilidade da família para acompanhar o idoso.

A terceira idade traz uma série de desafios e mudanças. Cada vez mais, os idosos desejam manter a autonomia e independência. Mas não é raro surgirem limitações no organismo, ou mesmo condições de saúde que tornam necessário um apoio constante para a manutenção dessa independência. Nesse caso, a contratação de um acompanhante de idosos é uma ótima alternativa para a promoção de um envelhecimento saudável e ativo.

Agora que você já conhece as principais funções de um cuidador, o que acha de continuar a visita em nosso site para saber mais sobre o acompanhamento de idosos? Vamos lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *