Categorias
envelhecimento saudável Idosos Senior Concierge

As melhores práticas para garantir um envelhecimento saudável

Você sabe qual a importância de um envelhecimento saudável? Com o passar dos anos, é natural que o organismo apresente diferenças em relação à juventude.

No entanto, envelhecer não precisa e não deve comprometer a qualidade de vida.

A melhora do condicionamento físico, a diminuição dos medicamentos e das dores são ótimos exemplos do resultado da adoção de práticas de saúde e hábitos de vida saudável.

Aproveite a leitura!

Algumas práticas são ideais para preservar o bem-estar do corpo e da mente do idoso

Ao longo do artigo que preparamos, você vai saber mais sobre o assunto, podendo compartilhar essas dicas com seus familiares.

Afinal, o envelhecimento saudável é sinônimo de uma vida mais leve e feliz não só para os mais maduros. A família e o círculo de amizades também se beneficiam.

O envelhecimento saudável

O processo de envelhecimento costuma comprometer as habilidades e a desenvoltura com o avanço dos anos. Com isso, a independência e a qualidade de vida tendem a diminuir expressivamente, em atividades rotineiras e essenciais.

Nesse momento, é recomendado procurar a ajuda de profissionais para avaliar a possibilidade de reversão do quadro.

Envelhecimento saudável está ao alcance de todos

Caso você tenha membros idosos na família, essas dicas são ainda mais valiosas. Para isso, é preciso entender o que significa envelhecer com saúde.

Embora muitos pensem em doenças, esse conceito é muito mais amplo e impacta a relação do indivíduo consigo mesmo.

Na prática, o envelhecimento saudável é a manutenção das capacidades e habilidades, principalmente após os 60 anos.

O bem estar físico e mental conta, assim como a independência no dia a dia. Quando se preza pelo hábito saudável, é possível estar na maturidade e precisar apenas de um suporte pequeno, mantendo assim a segurança sem abrir mão da independência. 

A seguir, confira as melhores formas de mudar positivamente esse cenário.

Práticas para envelhecer bem: por onde começar?

Um dos pilares para quem busca ter uma vida mais saudável na maturidade é a prática de exercícios. Quando feita regularmente, a atividade física é uma grande aliada da manutenção da massa muscular e da força.

Além disso, ela ajuda na mobilidade das articulações, melhorando toda a capacidade de movimento e equilíbrio.

O envelhecimento saudável tem relação direta com a autonomia para as tarefas e a minimização dos riscos de queda e acidentes

Mais do que isso, os idosos que se exercitam também trabalham áreas neurais importantes, e têm a oportunidade de se desafiarem e interagirem com outras pessoas.

Todos esses aspectos são determinantes para mais qualidade de vida.

A alimentação balanceada é outro componente que merece atenção. A dieta deve levar em conta as necessidades nutricionais e, se necessário, a reposição de nutrientes por meio de suplementos.

O momento de se alimentar também é simbólico do ponto de vista de convívio e, ainda, do preparo dos alimentos. A hidratação do organismo é igualmente importante.

Quando se pensa em envelhecimento saudável, a interação com outras pessoas é outra prática essencial

Manter contato com amigos e parentes faz bem e estimula o aspecto cognitivo, pessoalmente ou pela internet.

Atividades em grupo, jogos e músicas, são ótimas  alternativas, pois promovem energia e bem-estar para o corpo e a mente.

O mais importante para o envelhecimento saudável é o estímulo

Uma vez que se trata de um processo multidimensional, como descrito por especialistas, as práticas devem ser feitas em conjunto.

Vale lembrar a importância de manter as consultas com especialistas em dia, pois as mesmas auxiliam com sintomas, quadros iniciais de doenças e protocolos individuais.

Além disso, sempre é possível contar com especialistas como terapeutas ocupacionais, cuidadores ou mesmo fisioterapeutas que podem auxiliar no dia a dia e na prevenção de doenças.

O apoio da família é imprescindível

O envelhecimento saudável depende de algumas adaptações no estilo de vida do idoso. Seu objetivo é manter a integração entre a saúde física e mental, priorizando a mobilidade, independência e autoestima.

Juntos, esses pilares tornam os dias mais agradáveis e repletos de saúde, conceito que engloba o organismo como um todo.

Tais transformações envolvem, principalmente, nutrição balanceada, atividade física, socialização e positividade.

A mudança de hábitos proporcionada por essas práticas influencia a forma como o idoso se vê

A partir daí, surgem perspectivas mais positivas que auxiliam nesse processo.

O acompanhamento com especialistas é outro detalhe na busca pelo envelhecimento saudável.

Acompanhar de perto oscilações e prejuízos físicos e emocionais é o caminho para oferecer ao idoso mais qualidade de vida.

Além disso, o apoio dos familiares é um ótimo ponto de partida nessa etapa da vida. Dúvidas sobre o assunto? Entre em contato conosco.

Temos um time de especialistas que podem sanar dúvidas e sugerir algumas ações e/ou profissionais para auxiliar no dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *