Categorias
acompanhamento hospitalar Cuidados com idosos

Idosos acamados: como garantir seu conforto?

Uma dúvida muito comum para quem tem familiares mais velhos é relacionada aos idosos acamados. Afinal, quais são as recomendações para esses casos? Existem situações em que a pessoa idosa preserva todas as funções neurológicas, enquanto em outras elas também ficam prejudicadas.

Alguns cuidados simples, como higiene e alimentação adequada, ajudam a garantir o conforto do paciente nessa etapa da vida, assim como a companhia para idosos. Dessa forma, o período na cama pode ser mais agradável, sem privar o paciente de antigos gostos, hábitos e uma boa convivência.

Preparamos o artigo com informações relevantes para o bem-estar de idosos acamados. Se você tem um familiar nessa situação, confira como oferecer o que há de melhor para o seu ente querido. Boa leitura!

Os idosos acamados

Quando se pensa em idosos acamados, é essencial entender o que o quadro significa: dependência. Por essa razão, trata-se de uma realidade que ninguém se sente à vontade em viver, o que demanda empatia e consideração. É preciso paciência e cuidados especiais, como explicaremos a seguir.

Doenças e acidentes são grandes responsáveis por pessoas da terceira idade permanentemente acamadas. O processo é desafiador de qualquer modo, mas existe diferença entre idosos com funções cognitivas preservadas ou comprometidas. Esse aspecto interfere no quanto os idosos acamados são capazes de tomar as próprias decisões e conduzir atividades ao longo do dia.

Caso eles não o sejam, o familiar assume essa responsabilidade. Nesse caso, é preciso ficar atento a detalhes cotidianos para garantir o conforto desses pacientes. A família pode, ainda, optar por contratar um cuidador, que tem experiência para oferecer companhia e assistência aos idosos.

Garantindo mais qualidade de vida

Pensando em conforto, as próprias instalações dos idosos acamados merecem atenção. A pessoa cuidadora deve alternar a posição do idoso na cama, a fim de evitar lesões na pele, já fina em virtude da idade. O uso de hidratantes após essa rotação é indicado, além de movimentos que ajudem o retorno venoso, evitando edemas.

O colchão deve estar sempre higienizado, assim como toda a cama e o ambiente em si. Um reforço plástico sobre o colchão ajuda a mantê-lo seco e protegido, e as roupas de cama devem ser trocadas com frequência. No caso de fraldas, faça a troca com os itens de higiene à mão e utilize luvas.

A alimentação deve ser balanceada, e um profissional pode ajudar a montar o cardápio ideal para cada idoso. Não se esqueça, ainda, da hidratação. Lembre-se de que a personalidade da pessoa deve ser respeitada, com relação às atividades propostas e à aparência, e esses detalhes são essenciais para a autoestima.

Ainda sobre o autocuidado, dê atenção ao corte das unhas e à higiene do corpo. O banho envolve cuidados relacionados à temperatura da água e à estrutura do box, quando for possível. Se não for, utilize panos úmidos e troque o lençol no fim do processo.

Assim, é possível tornar o dia a dia dos idosos acamados mais confortável e seguro, além de mais sociável. Companhias para idosos são importantes para a interação e, também, prestam suporte. O cuidador é um profissional habilitado para auxiliar em quaisquer tarefas, e é um acompanhante para todas as horas.

Cuidados especiais na terceira idade

Quando um idoso fica permanentemente acamado, adaptações na rotina são necessárias para manter a qualidade de vida e o bem-estar. A personalidade da pessoa deve ser respeitada e levada em conta quando o cuidador for o responsável pelas decisões e atividades, nos casos de comprometimento cognitivo.

É preciso dar atenção a aspectos como higiene e banho, cuidados importantes para a saúde do idoso, além da estética. Não se esqueça de manter o corte das unhas e dos cabelos e garantir o conforto do paciente deitado com movimentos e mudança de posição. Um especialista pode auxiliar na criação de um cardápio balanceado e nutritivo, individualizado para cada caso

Como mencionado ao longo do artigo, uma das opções para melhorar o bem-estar dos idosos acamados é ter alguém com quem dividir o tempo. A companhia para idosos estimula a socialização e promove a interação, importante também para a saúde mental. Quer saber mais? Confira nosso artigo sobre cuidadores de idosos e saiba por que é vantajoso investir nessa solução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *